quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Janelas de Beja - 1945/ 2011 - Rua do Ulmo


Arquivo de Beja, vol.I, fasc. III, Jul-Dez. 1945, p. 287.


Janela setecentista de reixa da rua do Ulmo. Janeiro 2011 (Rita Cortês)

As janelas e portas de reixa são uma típica herança muçulmana. Muito populares no Sul do país eram feitas com tabuinhas de madeira e tinham como função deixar circular o ar, permitir espreitar para fora e preservar simultâneamente a privacidade de quem estava dentro das casas.

Sobre Janelas de Beja ver ainda:
- Hospital da Misericórdia
- Rua do Cepo
- Largo do Lidador
- Rua da Casa Pia

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Beja dentro de muralhas - 2011 - Casa das Chaves Bejense

(Clicar para ver ampliado)


Casa das Chaves Bejense, sr. Bento de Almeida, R. das Portas de Aljustrel, Setembro 2011.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

domingo, 25 de setembro de 2011

Beja - 24 de Setembro de 2011 - Jornadas Europeias do Património (manhã)

(Clicar para ver ampliado)

Núcleo Arqueológico da Rua do Sembrano - arqueóloga Susana Correia deu uma perspectiva geral sobre a História da cidade de Beja.


Museu Regional de Beja - dra. Maria Antonieta Ribeiro falou sobre os Capitéis Romanos do Museu.


Conservatório Regional do Baixo Alentejo - prof. João Nunes tocou os prelúdios nº2 e nº5 para Guitarra de Heitor Villa Lobos.

O Município de Beja participou nas Jornadas Europeias do Património, assinalada no dia 24 de Setembro, com o título “Património – Paisagem Urbana”. A participação de Beja consistiu na organização de “15 minutos com o Património”, visitas guiadas a alguns sítios relevantes ao nível do património histórico local e que tiveram como objectivo proporcionar uma perspectiva abrangente sobre a história da cidade e da região desde a Idade do Ferro até ao Século XX (para saber mais ver site Beja Digital).

Nota: Apesar do interesse do evento, é de lamentar a sua escassa divulgação.

sábado, 24 de setembro de 2011

Beja Casa da Cultura - Setembro/ Outubro 2011 - Exposição Colectiva de Fotografia




Casa da Cultura de Beja, 'Estação Imagem' - quatro exposições de fotografias com quatro temas distintos - de 23 de Setembro a 29 de Outubro de 2011.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Beja dentro de muralhas - 2011 - Loja de 'Brinquedos'

(Clicar para ver ampliado)

Beja, Setembro 2011, Loja de Brinquedos, calçado, plásticos, livros, etc. Sr. Francisco Mata. Rua Dr. Afonso Costa, vulgo 'rua das Lojas'.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Beja Porta de Aviz (II) - século XIX - Ermida N. Sra. da Guia


"Gravura que reproduz o antigo arco romano das 'Portas de Aviz' e a demolida Ermida de N. Sra. da Guia, que sôbre aquele fôra edificada." (Arquivo de Beja, vol. I, fasc. I, Out.-Dez. 1944, p.28).

«Nos fins do século dezanove, para satisfazer não sabemos que exigências da vida citadina, tanto a Ermida, como o velho arco foram mandados demolir e as pedras dêste - pesados blocos de granito - transportadas para o mercado do peixe, onde, durante cêrca de meio século, serviram, por forma tam imprópria como incómoda, para a venda daquele.» (Abel Viana, Arquivo de Beja, vol.I, fasc. II, 1944, p.167).

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Beja Porta de Aviz (I) - 1939/2011 - Arco Romano

(Clicar para ver ampliado)
Arco Romano da Porta de Aviz reconstruído, 1939
(as muralhas do castelo só em 1949 seriam restauradas).


Arco Romano da Porta de Aviz, Setembro 2011.

O arco da Porta de Aviz situado no Terreirinho das Peças, foi em tempos encimado por uma Ermida (Nossa Sra. da Guia). Ambos terão sido demolidos em finais do século XIX. Abel Viana consegue que as pedras do arco sejam recuperadas e, em 1939, este seja reconstruído (sem a Ermida).

«O Arco da 'Porta de Aviz' ainda o vi de pé há anos; mas, por mil oitocentos e noventa e tantos, foi demolido, com permissão, ao que parece, das respectivas autoridades: não há palavras com que qualificar êste acto de verdadeira selvajaria!
Muitas pessoas supõe insensatamente que a civilização ou o progresso de qualquer terra deve manifestar-se apenas na ostentação de um clube, de um teatro, de uma praça de touros (!), de um jardim bem arruado, e nessa persuação desprezam tudo o que cheira a 'velharia', como se o presente não viesse do passado e como se não fôsse pela constante lição dêste que se aperfeiçoa aquele! O facto da destruição do Arco romano é tanto mais estranhável, quanto é certo que em Beja há quem tenha compreendido a importância da arqueologia, como o prova o bom museu que ali existe.
- Para cúmulo da tristeza acrescentarei que as pedras que constituiam o arco romano foram transportadas para a 'pescadaria' ou mercado do peixe, onde servem de mesas de venda às peixeiras! Aí contei eu em Maio deste ano 24 pedras. Talvez não fôsse impossível reconstruir o pobre arco no local primitivo, pois que restam ainda tantas pedras e o desenho do monumento total. E que belo documento de dedicação cívica e de ilustração não seria êsse!»
(José Leite de Vasconcelos, O Archeologo Português, vol. VIII, nº 7 e 9, 1903 citado por Abel Viana, Arquivo de Beja, vol.I, fasc.I, 1944, pp.167-168)

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Piscina Municipal Descoberta de Beja - Setembro 2011 - A última semana


Piscina Municipal Descoberta de Beja com 4 pessoas, 18 de Setembro de 2011.

Última semana em que a piscina estará aberta
(terça 20 de Setembro a domingo 25 de Setembro, das 14h às 19.30h)



Mais sobre a Piscina Municipal Descoberta de Beja:
- Em modo de Inverno (14 Junho 2011)

- Em modo de limpeza (27 Junho 2011)

sábado, 17 de setembro de 2011

Beja dentro e fora de muralhas - 2011 - 'Mercado do Castelo'


Mercado do Castelo que se estende ao longo das ruas Antero de Quental e D.Dinís , todos os sábados. Setembro de 2011.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Beja - 1881? - Castelo e Torre de Menagem


1881? - Vista do Castelo de Beja e seu interior, com a torre de menagem ao fundo. De notar o visível estado de degradação das muralhas.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Beringel - 11 Setembro 2011 - Grupo Coral Feminino de Sta. Vitória


Grupo Coral Feminino de Sta. Vitória em frente à Igreja Matriz de Beringel, Mercadinho da Matriz, 11 Setembro 2011. Rita Cortês.

sábado, 10 de setembro de 2011

Beringel - 11 Setembro 2011 - Mercadinho da Matriz

(Clicar para ver ampliado)




«Por ocasião das Festas em Honra de Nossa Senhora da Conceição, Beringel, recebe domingo a 1ª edição do “Mercadinho da Matriz".
Sentindo a necessidade de “dar mais vida à Villa”, no final de Junho, um grupo de habitantes de Beringel juntou-se no Largo da Matriz para sonhar a sua terra reunida à volta de um projecto comum e surgiram os apoios, Comissão Fabriqueira, Junta de Freguesia e mais gente, de todas as idades, a colaborar voluntariamente e nasceu o “Mercadinho da Matriz”, que se vai realizar-se ao longo de todo o dia de domingo.
Cristina Coroa, da organização do “Mercadinho”, refere que se pretende que seja “um espaço e um tempo de encontros e partilhas e de vigorosas manifestações espontâneas de uma cultura rural por ora adormecida”. A organização vai lutar para que o mesmo “seja realizado todos os meses”.
A inauguração do Mercadinho da Matriz terá lugar no domingo, no Largo da Igreja Matriz, pelas 10 horas e estender-se-á pela tarde, com produtos, exposições, oficinas e actividades culturais da nossa terra.»
(Rádio Voz da Planície)

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Castro Verde - 9,10 e 11 Setembro 2011 - 'Planície Mediterrânica'

(Clicar na imagem para ver programa)


«Entre 9 e 11 de Setembro Castro Verde recebe mais uma edição da iniciativa "Planície Mediterânica", integrada na rede cultural do Festival "Sete Sóis Sete Luas". Culturas, sonoridades e identidades mediterrânicas vão estar em destaque neste evento que tem também como objectivo promover o 'diálogo intercultural'(...)
Em parceria com cerca de 30 pequenas localidades de diferentes países do sul da Europa, o Festival "Sete Sóis Sete Luas pretende também promover "intercâmbios culturais que permitem uma permuta de experiências entre as diferentes culturas da bacia do Mediterrâneo e o desenvolvimento de novas manifestações artísticas".
A par das músicas de outras culturas do Mediterrâneo e, numa referência ao Alentejo, as polifonias da região marcam presença durante os dias da ‘Planície Mediterrânica’, tal como os sabores da gastronomia regional, os bailes de tradição, oficinas de dança, as feiras, as exposições, uma feira do livro, mostras de artesanato, um roteiro das tabernas», adianta a organização.
Ainda no campo da animação, bandas agrupamentos musicais de Marrocos, Itália, Sicília, País Basco e de Portugal vão animar aquela vila alentejana durante três dias.
Esta iniciativa é organizada pela Câmara de Castro Verde, Associação Sete Sóis, Sete Luas e Associação PédeXumbo, esta última, responsável neste Festival pelas oficinas de instrumentos, dança e pelos bailes.»
(Blogue Casa-das-Primas)

Beja ao abandono - 2011 - Monumento a Al-Mu'Tamid

(Clicar para ver ampliado)



Monumento a Al-Mu'Tamid no Parque da Cidade, Beja, Julho 2011, Rita Cortês



Projecto do arquitecto Vitor Borges para terminar o monumento a Al-Mu'tamid no Parque da Cidade de Beja e evitar o estado de degradação e vandalismo em que se encontra actualmente. Para saber mais consultar o blogue Praça da República (de 15 de Novembro de 2010).

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Jornal 'O Alentejo' - 2 de Setembro de 1921

(Clicar para ver edição completa)

Jornal O Alentejo, 2 de Setembro de 1921. Ver artigo na primeira página sobre Beja "O Celeiro do Alentejo - Notas e impressões de viagem" (continua na segunda página).
Clicar na imagem para ver a edição completa em edição PDF (in Biblioteca Digital do Alentejo).

quinta-feira, 1 de setembro de 2011